Violência no país poderá se agravar após a vitória de Bolsonaro | Diário do Brasil

Violência no país poderá se agravar após a vitória de Bolsonaro

(Patrícia Carvalho)

Após a confirmação da vitória de Bolsonaro nas urnas (no próximo dia 28), o país tende a ficar mais violento.

Esquerdistas baderneiros se organizarão em grupos e, travestidos de ‘bolsonaristas’, iniciarão uma onda de assaltos, agressões, saques, quebradeiras, pichações, enfim, eles colocarão a doutrina do comunismo em prática e a anarquia generalizada poderá tomar conta das ruas.

O objetivo? Destruir o governo Bolsonaro antes mesmo de começar e colocar todo o ônus da baderna nas costas do candidato eleito.

Eleitores de Jair Bolsonaro (os mais extremistas) também se sentirão incumbidos de agir com ‘poder de polícia’ contra os esquerdistas […] tomara que eu esteja errada em relação a essa colocação, mas o risco é real.

Por isso, é imperativo que se faça (o quanto antes) uma reforma urgente no Código Penal, tipificando as ações citadas no primeiro parágrafo como crimes de terrorismo, passíveis de punições severas e imediatas.

A impunidade tem que acabar … não interessa se o ‘anarquista’ é de esquerda ou de direita …

Bolsonaro será eleito para colocar ordem na Nação e a lei terá que ser aplicada a todos, sem distinção de qualquer natureza.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP