Vergonha: Cineasta brasileiro pede ‘Lula Livre’ no Festival de Berlim e ninguém aplaude

Patrícia Moraes Carvalho | 12/02/2019 | 8:59 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No último sábado (9), o cineasta brasileiro Helvécio Marins usou o microfone do Festival de Berlim para tentar defender Lula e protagonizou um vexame internacional.

Usando uma camiseta vermelha com os dizeres “Lula Livre”, ele declarou que que “ama” Lula e disse que a prisão do ex-presidente é “uma das coisas mais absurdas do mundo”:

“Se todos aqui puderem apoiá-lo será ótimo, é uma história muito louca que eu não posso explicar aqui” disse Helvécio.

História louca? Não tem nada de louco, prezado cineasta … você deveria ter explicado para a platéia … é simples … bastava dizer que Lula roubou dinheiro público.

Viu só como é fácil ?!?!

Havia centenas de pessoas no recinto, mas apenas meia dúzia de gatos ‘comunistas’ pingados aplaudiu o depoimento vergonhoso do cineasta.

Lula se tornou uma vergonha mundial !!!



compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.