Vacina experimental mata células cancerígenas de paciente com câncer de mama

Guilherme Santiago | 02/11/2019 | 2:00 PM | INTERNACIONAL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
fonte: The Sun

Lee Mercker é a primeira mulher a ter todas as células cancerígenas eliminadas de seu organismo com a ajuda de uma vacina promissora que vem sendo testada nos Estados Unidos.

Em março deste ano, a americana foi diagnosticada com câncer de mama (fase inicial da doença) e conseguiu passar por uma seleção que lhe deu o direito de participar de um ensaio clínico para a nova vacina.

A Clínica Mayo, local que tem desenvolvido a imunização, informou que Lee Mercker tomou de três a quatro doses da vacina, com um intervalo de duas semanas entre as aplicações.

Durante esse período, o tumor da paciente foi diminuindo e as células cancerígenas desapareceram de seu organismo.

Mesmo com  o resultado positivo, a paciente ainda teve que se submeter a uma mastectomia dupla (retirada das mamas) para garantir que o câncer estivesse completamente fora do corpo, já que a vacina era apenas um teste.

O tecido mamário removido passará por uma análise e novos estudos serão realizados na Clínica Mayo.

Pesquisadores explicaram que a vacina estimula a resposta imune do próprio paciente para que as células T sejam capazes de reconhecer substâncias anormais relacionadas a tumores e, assim, possam atacar e destruir o câncer.

Após a experiência em Mercker, a Clínica Mayo está testando a vacina em outras duas mulheres e procuram por mais participantes para os ensaios clínicos.


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.