Um país onde o juiz federal e o procurador da República têm que 'orar' para o STF | Diário do Brasil

Um país onde o juiz federal e o procurador da República têm que ‘orar’ para o STF

Primeiro foi o procurador Deltan Dallagnol, que publicou uma mensagem dizendo que irá jejuar no dia 4, data do julgamento do habeas corpus do condenado petista no STF.

Agora foi a vez do juiz federal Marcelo Bretas, que publicou no twitter que vai acompanhar Deltan com oraçōes.

Nada contra qualquer tipo de religião, mas que país é esse em que a Justiça tem que apelar para forças divinas?

Força Brasil … somos o segundo maior país cristão do mundo!

Já que é pra ‘orar’, oremos!




Enquanto o povo brasileiro tratar político como celebridade, continuaremos a ser tratados como gado.

(anônimo)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram