Um dia antes de falecer, deputado e jurista Luiz Flávio Gomes escreveu ‘carta de despedida’

Amanda Nunes Brückner | 01/04/2020 | 3:55 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A triste despedida de Luiz Flavio Gomes, meu amigo, jurista e deputado, no último dia de sua vida

(via Álvaro Dias)

“Vou tentar não me emocionar, falar o mais tranquilo possível. Arigato, arigato, arigato. Eu fiz tudo o que pude. Lutei, lutei, infelizmente acabou. Tinha muitos projetos para fazer. Iria contribuir bastante. Muita coisa foi feita. Tudo o que eu podia eu fiz. Dizer que eu adoro todo mundo.

Claro, tem pessoas que é mais fácil fazer um agradecimento especial, evidentemente que tem, mas diante da impossibilidade de estar abraçando todo mundo, ao menos gravo uma mensagem genérica e que caiba para todos. Nesse sentido estou trabalhando nessas últimas horas.

Vamos em paz, sossego, tranquilidade. Tem muita gente por vir, gente por nascer, mas, em suma, fazer o que? Né? Toquem a vida. Eu dei o pontapé inicial e agora tocar a vida é o dia a dia.
Minha vida não foi de todo triste.

A vida que nós tivemos não foi uma vida também de se jogar fora. Ah….fez tudo errado… [ironia]. Nós procuramos fazer tudo certo, dentro das limitações e das circunstâncias. Nós somos nós e as nossas circunstâncias. Isso provou Ortega y Gasset. Portanto em cada momento a vida nos apresenta circunstâncias bem diferentes.

Aí sim eu coloco a carteira e todas as honras do cargo, porque foi muito difícil conquistá-lo. Então agradecer todo mundo – eleitores, grandes companheiros. Eu estou o mais grato possível. Eu fiz de tudo para superar. Infelizmente não foi possível. Mas, assim é a vida!

Se um lado eu não me despeço de todos os amigos com os mais alegres compositores; de outro lado, também não fico só ouvindo Schopenhauer… é muito triste Schopenhauer… Meio termo, meio termo, como sempre quis pautar a minha vida.

”Luiz Flávio Gomes, 31 de março de 2020 – terça-feira, 13h45.”



O deputado federal Luiz Flávio Gomes (PSB-SP), de 62 anos, morreu na madrugada de hoje (1º)

em São Paulo, em decorrência de complicações causadas por leucemia.

Ele estava internado no Sírio Libanês.

Em setembro de 2019, o jurista foi diagnosticado com a doença e deu início ao tratamento, tendo realizado em transplante de medula (em janeiro deste ano), porém seu quadro teve piora nos últimos dias.

Luiz Flávio Gomes foi eleito (deputado federal) pelo PSB/SP ao receber 86.433 votos nas eleições de 2018, mas não recebia vencimentos como político … no início do mandato, ele assinou um termo de compromisso com seus eleitores abrindo mão do salário.

Em sua carreira, ele foi delegado, promotor de justiça, juiz de direito e professor.


Ética: Para não acumular subsídios, deputado abre mão de salário de R$ 33 mil

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.