Twitter ‘cancela’ filho de Trump. Ele ousou falar a ‘palavra proibida’

Amanda Nunes Brückner | 28/07/2020 | 3:09 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Filho de Donald J. Trump tem conta no Twitter silenciada após postar sobre eficácia de hidroxicloroquina“, a palavra proibida.

Vocês lembram quando eu falava que os médicos brasileiros que ousassem testemunhar a favor de qualquer tratamento eficiente seriam perseguidos, e que isto piorará muito depois da “Lei das Fake News”, pois estas pessoas poderão até ser presas por “disseminar notícias falsas”?

Pois então.

Aí está … o filho do presidente dos Estados Unidos da América sendo CENSURADO por compartilhar uma informação que quem está na linha de frente na área da saúde já sabe muito bem: a hidroxicloroquina em estágios iniciais é benéfica no tratamento para COVID-19.

Nos Estados Unidos, esta censura está sendo levada a cabo pelas empresas de tecnologia como Twitter e Facebook, que são pressionados (ou simplesmente coadunam) com o Partido Democrata (a Esquerda de lá).

Aqui no Brasil nós já temos isto também; estas mesmas empresas decidindo quem pode falar o quê, derrubando contas e banindo pessoas.

Mas querem dar um passo a mais: pessoas que compartilham opiniões, teorias ou fatos que desagradem o establishment não terão “apenas” a conta banida da Rede Social.

Serão processadas e PRESAS! Vocês entendem?

Não basta empresas multinacionais estarem dedicadas à Censura, o Estado Brasileiro vai se aliar a elas e criar a CENSURA TOTAL, onde não será mais possível discordar da “narrativa oficial” da grande mídia, e onde denúncias contra autoridades serão rapidamente tachadas de “Fake News!”.

Boa sorte a todos!


(Rodrigo Miceli – escritor)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.