Três casos de adolescentes que cometeram crimes bárbaros. Todos pegaram prisão perpétua

SETEMBRO DE 2012 – EUA

Cristian Fernandez, 13 anos, teve uma infância perturbada desde o seu nascimento, foi julgado como um adulto pelas suas acusações, entre elas, o assassinato de seu irmão mais novo.

Ele foi condenado a prisão perpétua e julgado como adulto.

O garoto também foi condenado por abusar do seu outro irmão de apenas 5 anos de idade.


ABRIL DE 2015 – INGLATERRA

Petri Kurti, um adolescente de 13 anos recebeu uma sentença de prisão para o resto da vida pelo assassinato de uma mulher na cidade de West Midlands, região central da Inglaterra.

O The Guardian informou que, por ser menor de idade, Kurti terá de cumprir (pelo menos) 12 anos de prisão antes de ser liberado da custódia.

Após esse período, de acordo com as leis da Inglaterra, ele ficará em condicional e será monitorado pelas autoridades pelo resto da vida.


ABRIL DE 2016 – INGLATERRA

As duas meninas, cujos nomes não foram divulgados por razões legais, tinham 13 e 14 anos quando atacaram Angela Wrightson em sua residência em Hartlepool, nordeste da Inglaterra, em dezembro de 2014.

Ambas pegaram prisão perpétua por crime bárbaro. Elas torturaram a mulher por 5 horas, a mataram e ainda tiraram selfies durante o crime.


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!