• busca por palavra (s)
  • Tremor de terra de 2.9 graus é registrado em área de lançamento de mísseis na Coreia do Norte


    Neste fim de semana, temores de um novo teste de bomba de hidrogênio voltaram a assustar o mundo

    Um terremoto de magnitude 2,9 foi registrado próximo a Punggye-ri, local de testes nucleares utilizado pelo ditador Kim Jong-un.

    Ainda não há relatos oficiais que possam confirmar se houve um possível lançamento de artefato nuclear.

    Com a explosão ocorrida no mês passado, que foi quantificada como dez vezes maior do que a explosão de Hiroshima (em 1945), as placas tectônicas em torno desta área de testes provavelmente foram enfraquecidas, o que pode ter causado o tremor de terra, porém um novo lançamento não pode ser totalmente descartado, informou a CBS News . 

    Especialistas civis disseram à CBS News que a Coréia do Norte poderá ser obrigada a abandonar o local de testes.

    Kane Yull Sah, professora de engenharia nuclear da Universidade Nacional de Seul, descreveu a detonação da bomba H da Coreia como:

    “Poderosa e potencialmente suicida”

    Além do terreno enfraquecido, Sah diz que há o risco de uma erupção vulcânica no Monte Paektu, que fica a cerca de 60 milhas de distância. O vulcão entrou em erupção (pela última vez) em 1903.

    Kiom So-gu, pesquisador-chefe do Instituto de Sismologia da Coréia, disse à NBC News :

    “A explosão do teste realizado em 3 de setembro teve uma força tão grande que os túneis existentes no local de testes podem ter cedidos. Acho que a região Punggye-ri agora está bastante saturada. Se eles prosseguirem com outro teste nesta área, a poluição radioativa que sairá do local será fatal para a população norte-coreana e para o mundo.”


     

    publicidade


    error: Conteúdo protegido !!