Tráfico de influência: Lava-Jato investiga filme “Lula, o filho do Brasil”

Marcelo Odebrecht, ex-amigo de Lula e Dilma, entregou mais um documento comprometedor para a Lava-Jato

Uma nota fiscal emitida em maio de 2009 (reproduzida pelo jornal Estadão) mostra um aporte financeiro que o megaempresário fez para a produtora Filmes do Equador, de Luiz Carlos Barreto.

A NF 2930, no valor de R$ 250 mil, foi um patrocínio da Odebrecht para apoiar o filme  “Lula, o filho do Brasil”.

Na descrição do documento, consta o seguinte:

“Cota de patrocínio da obra intitulada ‘Lula, o filho do Brasil’. Conforme contrato.”

Trocando em miúdos:

Durante o governo Lula, a Odebrecht foi agraciada com obras faraônicas e retornava os favores do ex-presidente com doações.

O filme é alvo de investigação da força-tarefa de Curitiba por suspeita de tráfico de influência.

Tráfico de influência (Código Penal, artigo 332 ): prática ilegal de uma pessoa se aproveitar da sua posição privilegiada dentro de uma empresa ou entidade, ou das suas conexões com pessoas em posição de autoridade, para obter favores ou benefícios para si próprias ou terceiros, geralmente em troca de favores ou pagamento.



 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!