Tirando onda? Rússia anuncia que derrubou 70% dos mísseis dos EUA com equipamento de 1960

De acordo com a Rússia, as defesas aéreas sírias derrubaram 71 dos 105 mísseis de cruzeiro lançados pelos EUA e seus aliados

Sergei Rudskoi, general russo ,declarou hoje (14) que o ataque norte-americano lançado contra alvos na Síria – especificamente no aeroporto militar de al-Dumayr – já tinha ocorrido com proporções semelhantes em abril de 2017.

O general declarou que a maioria dos mísseis foram interceptados e os ataques dos EUA e aliados não deixaram vítimas […] apenas provocaram pequenos danos ‘reparáveis’ nas instalações militares da Síria:

“Apesar de a Rússia ter fornecido à Síria um sistema antimísseis de curto alcance Pantsir S-1 (equipamento da década de 60), a maioria dos mísseis foi interceptada.” declarou.

Do outro lado, o presidente Donald Trump comemorou o ataque pelo twitter:

“Um ataque perfeitamente executado na noite passada. Obrigado França e Reino Unido por sua sabedoria e poder de seus bons militares. Não poderia ter melhor resultado. Missão cumprida!”, postou o presidente norte-americano.

Moral da história:

Se a Rússia consegue derrubar mísseis ultramodernos com equipamentos de 1960, o que aconteceria se eles decidissem contra-atacar os EUA?


 

publicidade

error: Conteúdo protegido !!