• busca por palavra (s)
  • Teste nuclear da Coreia matou mais de 200 pessoas e radiação pode se espalhar



    A TV japonesa Asahi informou que o último teste nuclear realizado na base de testes norte-coreana de Punggye-ri, nordeste do país, deixou mais de 200 vítimas fatais.

    No início de setembro, a Coréia do Norte detonou um dispositivo nuclear sob uma montanha.

    Especialistas avaliam ser uma bomba de hidrogênio, dez vezes mais poderosa do que as primeiras bombas atômicas lançadas no Japão no final da Segunda Guerra Mundial.

    Desde então, imagens de satélite revelaram que a montanha acima do local de testes já sofreu uma série de deslizamentos de terra resultantes de uma série de explosões.

    Fontes norte-coreanas disseram à TV Asahi que, inicialmente um dos túneis matou 100 trabalhadores e outras 100 pessoas que trabalhavam no resgate desses trabalhadores.

    Além disso, com a base de testes comprometida, o material radioativo deixado pela explosão corre um sério risco de causar um incidente internacional de grandes proporções.

    “Se os detritos do teste chegarem à China, Pequim poderá entender isso como um ataque a seu país e uma provável guerra será praticamente inevitável.” disseram os especialistas.


     

    publicidade



    error: Conteúdo protegido !!