Tensão entre as Coreias: Soldado sul-coreano é assassinado com tiro na cabeça


Um soldado sul-coreano foi atingido na cabeça por uma bala perdida. O fato aconteceu na cidade de Gangwon, fronteira com a Coreia do Norte

A vítima de 22 anos ainda conseguiu voltar até seu pelotão, mas não resistiu aos ferimentos.

Não está claro de onde a bala partiu – e se foi disparada pelo exército da Coréia do Norte.

A agência sul-coreana Yonhap informou:

“O soldado da primeira classe foi atingido na cabeça por uma bala às 16h10 da terça-feira (27) quando voltava para a sua base em Cheorwon (Gangwon, Coreia do Sul).”

Após uma investigação preliminar, o exército sul-coreano declarou que a bala perdida pode ter sido disparada de um campo de tiro que fica a uma distância de aproximadamente 400 metros.

Ontem (27), as tropas sul-coreanas foram filmadas treinando para um ataque nuclear .

Ambos os países nunca assinaram um tratado de paz e, oficialmente, ainda em guerra desde 1950 (período em que se iniciou a Guerra da Coreia).

Especialistas alertaram que esse incidente poderá servir para desencadear o conflito nuclear.

Um membro da família da vítima – que não foi identificado – teria escrito nas redes sociais:

“Este incompetente chefe de pelotão levou os soldados, que são tão jovens quanto seus próprios filhos, para o campo de tiro”.

Vários soldados sul-coreanos morreram em incidentes nesse mesmo campo de treinamento.

O presidente da Coréia do Sul, Moon Jae-in, pediu que o país retome o controle de suas forças armadas e se prepare para tempos de guerra .


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade