Temer tenta acelerar Lava-Jato e recebe resposta da PGR: “Temos nosso próprio tempo. Não dependemos de política”

O presidente Temer pediu ontem (12) ao PGR, Rodrigo Janot, que acelere os depoimentos dos políticos que estão sendo investigados junto ao MPF e finalize o mais rápido possível os processos das colaborações premiadas.

Porque a pressa Temer? Calma presidente, seu partido (incluindo vossa excelência) vai implodir aos poucos.

Ainda faltam 76 delações da Odebrecht que irão mostrar ao povo a verdadeira face dos corruptos que administram nosso país.

A PGR divulgou uma nota em resposta ao pedido do Presidente:

“As investigações e o desenvolvimento da Operação Lava Jato obedecem tempo próprio, independente da agenda política do país. 

O Ministério Público Federal exerce sua função de apurar indícios de crimes citados por colaboradores com responsabilidade e profissionalismo.”

A PGR foi clara com Temer:

Fique na sua a faça seu trabalho. Aqui quem manda somos nós.

publicidade


error: Conteúdo protegido !!