“Se você não quiser destruir um país, deixe o burro preso!”

Havia um burro amarrado a uma árvore. O demônio veio e o soltou

O burro entrou na horta dos camponeses vizinhos e começou a comer tudo.

A mulher do camponês, dono da horta, quando viu aquilo, pegou o rifle e disparou.

O dono do burro ouviu o disparo, saiu e viu o burro morto.

Ficou enraivecido, pegou seu rifle e atirou contra a mulher do camponês.

Ao voltar para casa, o camponês encontrou a mulher morta e matou o dono do burro.

Os filhos do dono do burro, ao verem o pai morto, queimaram a fazenda do camponês.

O camponês, em represália, os matou.

Aí perguntaram ao demônio o que ele havia feito.

Ele respondeu: – Não fiz nada, só soltei o burro!

Conclusão:

“Se você não quiser destruir um país, deixe o burro preso!”


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!