Rio Grande do Sul tem primeiro caso suspeito de coronavírus

Amanda Nunes Brückner | 28/01/2020 | 6:05 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um homem de 40 anos, que vive na China e desembarcou há cerca de 10 dias no município de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Região Metropolitana de Porto Alegre, está sendo monitorado por agentes de saúde da cidade.

O secretário municipal de Saúde declarou que o caso ainda é tratado como suspeito, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde.

O paciente procurou a UPA de São Leopoldo na manhã de hoje (28) se queixando de febre alta desde segunda à noite.

Ele mora na cidade de Kunming, cerca de 1.500km da província de Hubei, onde fica Wuhan, cidade considerada o epicentro do coronavírus.

A Secretaria de Saúde de São Leopoldo explicou que o material do paciente foi coletado e encaminhado ao Laboratório Central do Estado (Lacen).

O homem seguirá internado em isolamento para observação.

Nota Oficial da Secretaria Estadual de Saúde

“A Secretaria da Saúde do Estado já colocou em prática um plano de ação que segue à risca os protocolos preconizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde (MS). Em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os técnicos da Vigilância em Saúde do Estado estão acompanhando a chegada de pessoas oriundas da China. Ao mesmo tempo, a Secretaria da Saúde orientou os agentes municipais de saúde para que todos os casos de pessoas vindas do território chinês que apresentem febre e sintomas respiratórios (semelhantes aos de uma gripe, como tosse, dificuldade de respirar, coriza) sejam imediatamente relatados à Vigilância em Saúde Estadual. Os pacientes devem ser imediatamente isolados e tratados de acordo com a gravidade do quadro clínico.

Um paciente de São Leopoldo procurou a UPA da cidade e, mediante orientação da Vigilância em Saúde do Estado, recebeu o atendimento e acompanhamento preconizado pelo Ministério da Saúde. Não esteve na região da China que até a segunda-feira (27) era considerada de risco. O paciente não apresenta quadro grave de doença respiratória e, por precaução, ficará em isolamento domiciliar. Foi coletado material para análise.”


(com informações do G1/RS)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.