Renan afronta STF e se recusa a deixar a presidência do senado

O presidente do Senado se recusou a assinar a notificação judicial que o informa da decisão do ministro Marco Aurélio Mello (STF) sobre o afastamento do cargo

A Mesa Diretora do Senado apoiou Renan e assinou um documento onde se recusa a cumprir a liminar do ministro da Suprema Corte.

Quem assina o documento são os senadores:

João Alberto, Sergio Petecão, Zezé Perrella, Romero Jucá , Gladson Cameli, Vicentinho Alves e Renan Calheiros.

Os senadores alegam que irão “aguardar a deliberação final do plenário do Supremo Tribunal Federal”,

As votações que estavam previstas para hoje (06) no senado foram canceladas, incluindo a discussão sobre a PEC do teto dos gastos públicos.

docsenado

publicidade


error: Conteúdo protegido !!