Raquel Dodge: "Lula não tem que dar entrevista. Ele é detento e não comentarista de política" | Diário do Brasil

Raquel Dodge: “Lula não tem que dar entrevista. Ele é detento e não comentarista de política”

Raquel Dodge, Procuradora-geral da República, emitiu um parecer ao STF contra o pedido feito pela Folha/SP para que o ex-presidente Lula seja entrevistado dentro da cadeia.

Mais uma vez, o PT em conluio com a Folha, usam nossos tribunais (pagos com o dinheiro de nossos impostos) para discutir questões irrelevantes para o país.

Sim, Luiz Inácio é irrelevante para o país neste momento.

A quem interessa a entrevista de um condenado? Somente ao PT.

Essa brincadeira da imprensa marrom já ultrapassou todos os limites imagináveis.

Cada vez que Lula aciona o STF, centenas de servidores e milhares de reais em recursos públicos são mobilizados.

O Supremo não é um tribunal exclusivo do PT!

No documento, Raquel Dodge defendeu a liberdade de expressão e de imprensa, mas alerta que, em alguns casos, existe a possibilidade de proibir que presos concedam entrevistas.

“O fato é que ele [Lula] é um detento em pleno cumprimento de pena e não um comentarista de política. Conclui-se que a proibição de que Luiz Inácio Lula da Silva conceda entrevistas em áudio e/ou vídeo, apesar de ser restritiva da sua liberdade de expressão, é medida proporcional e adequada a garantir que as finalidades da pena a ele imposta sejam concretizadas, sendo, portanto, compatível com a ordem jurídica do país”, lacrou a PGR.

Para Dodge, presos devem cumprir penas com “com discrição e sobriedade”.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP