Rodrigo Maia diz que Bolsonaro é covarde

Patrícia Moraes Carvalho | 18/06/2019 | 7:09 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Presidente da Câmara declarou – indiretamente – que Bolsonaro é um ‘covarde’

Rodrigo Maia disse ontem (17), durante evento da Band News, que as demissões de diretor (petista) Marcos Pinto e Joaquim Levy do do BNDES foi “uma covardia sem precedentes”:

“Uma pena o Brasil ter perdido dois quadros da qualidade deles, e da forma como foram retirados. É de uma covardia sem precedentes.”

Maia deveria cantar de galo em seu próprio galinheiro (Legislativo) ao invés de dar pitaco no galinheiro do Executivo.

Bolsonaro já havia declarado, no início de seu mandato, que a prioridade do BNDES seria escancarar as falcatruas feitas pelo PT envolvendo dezenas de empréstimos feitos (na surdina) para países comunistas … nas palavras do presidente: “abrir a caixa preta”.

Joaquim Levy, que já foi secretário de Sérgio Cabral e ministro de Dilma, não fez nada disso.

Porque será?

Medo de que algum de seus ‘ex-patrões’ apareçam na tal caixa-preta ou medo de que o próprio Levy apareça dentro da caixa misteriosa?

Voltando ao primeiro parágrafo, quem Rodrigo Maia pensa que é para falar com o presidente da República nesse tom?

Nós já alertamos muitas e muitas vezes … Maia é um bagre ensaboado e o partido dele (DEM) é um ‘Cavalo de Troia’ … não veem a hora de derrubar Bolsonaro.

Lembram o que ele apontou com Sérgio Moro?


Arrogância: Rodrigo Maia chama Sérgio Moro de “funcionário que copia e cola “

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.