Quem mandou matar Bolsonaro? Decisão do TRF-1 poderá ajudar na elucidação do crime

Amanda Nunes Brückner | 16/09/2019 | 11:00 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O TRF-1 poderá, na próxima quarta-feira (18), tomar uma decisão que será decisiva para que se chegue aos mandantes da tentativa de assassinato do (na época) candidato à presidência, Jair Bolsonaro.

Em março deste ano, o desembargador Néviton Guedes, do TRF-1, concedeu liminar para suspender uma decisão que autorizava quebra de sigilo, busca e apreensão de livros caixa, recibos ,comprovantes de pagamento de honorários, etc…) de um dos advogados de Adelio Bispo, o esfaqueador.

A decisão do desembargador foi tomada após um mandado de segurança impetrado pelo Conselho Federal e pela seção mineira da OAB.

Nas redes sociais, o presidente Bolsonaro comentou o assunto:

“Sete desembargadores decidirão a questão. Não desejamos descobrir o conteúdo da defesa, mas elucidar o crime, como vítima e por questão de segurança nacional.”

“O material apreendido pela PF no endereço de um dos advogados de Adélio ainda não pode ser periciado por decisão liminar concedida em favor da OAB.”

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.