PT investiu R$ 50 bi em obras no exterior. Dinheiro do FGTS financiou países comunistas

Uma auditoria ‘básica’ feita no TCU apontou gastos de R$ 50,5 bilhões [entre 2006 e 2014] em algumas obras financiadas pelo BNDES no exterior

Os sortudos que mais receberam investimentos do governo petista foram Angola (R$ 14 bilhões), Venezuela (R$ 11 bilhões), Argentina (R$ 8 bilhões), República Dominicana (R$ 8 bilhões) e Cuba (R$ 3 bilhões)

Noventa e nove por cento (99%) dos empréstimos ficaram com cinco grandes empreiteiras, todas envolvidas na Lava Jato.

A Odebrecht abocanhou com 82% do total das obras e, obviamente, pagou uma generosa ‘comissão’. Adivinhem pra quem?

A maior parte dos recursos foi destinada em obras de infraestrutura como rodovias, portos e aeroportos em países da África e da América Latina.

Os recursos do BNDES tem origem no FGTS, dinheiro do trabalhador brasileiro.

Ou seja, dinheiro do trabalhador brasileiro para financiar países comunistas!

O Brasil ainda é um país carente de hospitais e escolas […] onde mais de 50% da população não tem acesso a saneamento básico.

E o que fez o PT? Destinou o nosso dinheiro para obras no exterior!

O que mais nos revolta é o fato de que todas as empreiteiras [que fizeram essas obras] são comprovadamente corruptas e financiaram as campanhas de Lula e Dilma.

O TCU está passando um pente-fino nos negócios do BNDES e deu um prazo de 90 dias para que a instituição apresente documentos sobre todos os empréstimos.


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!