Pronunciamento de Cármen Lúcia foi um tapa na cara do Brasil

Na noite de ontem, diante da aproximação do julgamento do HC de Lula, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, fez um pronunciamento para falar sobre democracia, Justiça, ética, serenidade, paz, pombinha branca, flores, etc…

Parecia um discurso do Dalai Lama […] algo totalmente desconexo da realidade brasileira.

A fala da ministra gerou diversas críticas e discordâncias no meio jurídico, uma vez que a preocupação de Cármen era apenas manter a ordem em caso de uma possível (e provável) absolvição de Lula.

Sim … a palavra é essa! ABSOLVIÇÃO.

Resumindo tudo que a ministra disse:

“Nós vamos soltar o condenado e vocês terão que ficar quietinhos”

Há cerca de 2 anos, Magda Brossard, filha de Paulo Brossard (jurista, advogado, magistrado, professor, político e ex-ministro do STF) alertou:

“Cármen Lúcia será a coveira do STF. Nem todas as crises se resolvem com pacificação”

Se o STF deixar Lula solto, o país vai entrar numa fase de conflitos nunca antes vista na história deste país (parafraseando o condenado).

God Bless Brazil !!!





 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!