Professora de universidade federal tenta implantar comunismo em sala de aula | Diário do Brasil

Professora de universidade federal tenta implantar comunismo em sala de aula

Há alguns anos, Yuri Bezmenov, um ex-agente da KGB, gravou um vídeo mostrando como o comunismo é implantado nos países

Ele chegou a dizer o seguinte:

“Todos esses professores e esses lindos defensores dos direitos civis (direitos humanos) são um instrumento no processo de desestabilização um país. É um extenso processo de lavagem cerebral, que ocorre lentamente em 4 estágios: um deles é a DESMORALIZAÇÃO […] algo que demora de 15 a 20 anos […] esse é o tempo necessário para que se eduque uma geração de estudantes para que eles possam inserir suas ideologias nas próximas 3 gerações.¨

Pois bem …

Uma professora da UFBA (Universidade Federal da Bahia) tentou aplicar essa teoria (acima) e usou sua aula para fazer uma espécie de convocação em defesa do governo comunista e genocida de Nicolás Maduro.

Alguns alunos não gostaram do que ouviram e botaram pra quebrar!

É um alívio ver uma reação assim dentro de uma universidade. 

Sim, ainda há esperança!



 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram