• busca por palavra (s)
  • Presidente do STF cancela visita a presídio após suspeitas de explosivos e armas no local


    Cármen Lúcia, presidente do STF, foi desaconselhada (por questões de segurança) de visitar o presídio de Aparecida de Goiânia

    A ministra viajou até Goiânia (cerca de 20 km do local do presídio), onde iria se reunir com autoridades do estado no início da tarde de hoje (8), porém não se deslocou para Aparecida de Goiânia .

    Na última semana, o presídio foi palco de uma rebelião que resultou em um massacre.

    Nove presos foram mortos pelos próprios companheiros e outros quatorze ficaram feridos.

    De acordo com informação do Blog de Gerson Camarotti (repórter da Globo News), Cármen Lúcia foi alertada de que haveria explosivos, armas de fogo e até granadas dentro do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

    Diante da situação, a presidente do STF decidiu pedir uma nova inspeção no local.


     

    publicidade



    error: Conteúdo protegido !!