População de Belém do Pará em ‘prisão domiciliar’

Amanda Nunes Brückner | 06/05/2020 | 9:53 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

Ouço agora no Jornal Nacional que, em Belém do Pará, a população está em prisão domiciliar (o eufemismo é “isolamento obrigatório”), proibida de sair às ruas.

Quem quiser sair, tem que apresentar carteira de trabalho aos policiais, que decidirão se a pessoa tem ou não direito à liberdade de ir e vir, aquela que nós pensávamos (ingênuos que somos) que fosse assegurada pela Constituição Federal (lembram dela?).

Ganha um prato de pato no tucupi quem apontar a lei que condiciona a liberdade de caminhar pelas ruas ao porte de carteira de trabalho (já adianto que a Lei da Quarentena não permite sequer o confinamento domiciliar obrigatório).

A situação se repete no Maranhão, onde o “defensor da liberdade” William Bonner lamenta, no Jornal Nacional, que a execução das medidas inconstitucionais de confinamento domiciliar não esteja sendo AINDA MAIS RÍGIDA…

Como era mesmo aquela história de “não passarão”?


(Marcelo Rocha Monteiro – Procurador do MP/RJ)

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.