Polícia da Rússia vai investigar casos de assédio cometidos por brasileiros

O Ministério dos Assuntos Interiores da Rússia irá investigar o caso de um grupo de brasileiros que assediou uma torcedora russa.

Uma petição, com as provas já divulgadas pela imprensa mundial, foi criada pela jurista Alyona Popova.

A intenção é levar o caso para as autoridades da Rússia e punir os responsáveis pelas agressões.

Em um vídeo que está rodando o mundo (com legendas em inglês), os brasileiros aparecem abordando uma mulher estrangeira fazendo com que ela repita palavras chulas em referência ao órgão sexual feminino.

Alyona, que também é uma ativista feminista e umas das maiores referências do país em defesa dos direitos da mulher, disse que a punição para os ofensores podem variar de multa até restrições na Rússia.

“ … existem várias opções de multa às pessoas que humilharam publicamente a honra e a dignidade […] os cidadãos estrangeiros que aparecem no vídeo poderão ser responsabilizados por cometer um delito nos termos do art. 5.61 do Código de Ofensas Administrativas (insulto à honra e à dignidade de outra pessoa, expressa na forma indecente) e também processados pelo art . 20.1 do Código Administrativo (vandalismo), isto é, a violência da ordem pública, expressando desrespeito claro para a sociedade, acompanhados por linguagem ofensiva em locais públicos, abuso sexual ofensivo para os cidadãos”, diz a petição.



Caso os delitos sejam comprovados:

“… os estrangeiros que cometeram os atos destinados a incitar o ódio ou inimizade, bem como a humilhação de uma pessoa ou grupo de pessoas em razão do sexo, raça, nacionalidade, língua, origem, atitude à religião, bem como pertencentes a um tanto o grupo social, publicamente ou usando a mídia, eles podem ser levados à responsabilidade criminal”, completou a jurista.

Um advogado, um tenente da Polícia Militar de Santa Catarina e um engenheiro já foram identificados pelas autoridades russas.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!