PF pede sequestro dos bens de Teodoro Obiang, o ‘parceirão’ do PT

A juíza da 6ª Vara Criminal de SP autorizou a quebra de sigilo fiscal de Teodoro Nguema Obiang Mangue, vice-presidente de Guiné Equatorial.

Obiang é alvo da Operação Salvo Conduto, deflagrada ontem pela PF, e que investiga crimes de lavagem de dinheiro.

Em setembro, Obiang foi flagrado pela Receita Federal com US$ 16 milhões (em espécie) e relógios cravejados em diamante, no Aeroporto de Viracopos.

“Oficie-se à Receita Federal do Brasil para que encaminhe, no prazo de 15 dias, as seguintes informações relativas às pessoas e períodos indicados […] todas as informações disponíveis em seus bancos de dados […] cópia de eventuais Declarações de Bens e Valores apresentadas por Teodoro Nguema Obiang desde 2007 […] seja verificada e informada eventual variação patrimonial …”, ordenou a juíza Michelle Camini Mickelberg.

Agentes federais fizeram buscas em um triplex localizado nos Jardins, em São Paulo (avaliado em R$ 70 milhões e atribuído a Teodorin).

O vice-presidente é alvo de dois inquéritos por lavagem de dinheiro.

A PF também pediu à Justiça Federal o sequestro do imóvel, dos bens e valores apreendidos no aeroporto de Campinas e de sete veículos de luxo (Maserati, Mercedes Benz, Porsche e Lamborghini, etc) … um desses veículos está avaliado em aproximadamente 2 milhões de reais.

Obiang já foi condenado na França por comprar imóveis com dinheiro público desviado de seu país […] ele também é investigado nos EUA por lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos.


(informações da Isto É)

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade