PF conclui inquérito sobre Gleisi Hoffmann: “Há indícios de corrupção e lavagem de dinheiro”

A Polícia Federal concluiu o inquérito que apurava pagamento de R$ 1 milhão pela Odebrecht à senadora Gleisi Hoffmann.

“Há elementos suficientes para apontar a materialidade e autoria dos crimes de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro praticados pela senadora … e seu marido, Paulo Bernardo, além dos intermediários Bruno Martins Gonçalves e Oliveiros Domingos Marques Neto”, informou a PF.

A intenção dos investigadores era esclarecer se as doações recebidas na campanha da petista, em 2010, são oriundas de recursos desviados da Petrobras por meio de contratos superfaturados.

Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, afirmou em delação premiada ter repassado R$ 1 milhão a um “emissário” da campanha da senadora.

Gleisi nega as acusações.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!