Petistas acusam PF de dar ‘cobertura’ para eleitor de Bolsonaro

Segundos relatos de quem estava no local, um homem se aproximou de Manuela D’Ávila (deputada estadual do Rio Grande do Sul – PC do B) e pediu para tirar uma foto com ela.

No momento em que tiraria a foto, o homem gritou palavras a favor do pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL).

“Aqui é Bolsonaro”, disse ele […] foi somente isso que o homem fez!

Mas …

Manuela D’Ávila (pré-candidata à presidência da República), Paulo Pimenta (deputado do PT) e o senador Lindbergh Farias distorceram os fatos e estão acusando a Polícia Federal de participar do tal ato de agressão.

“Sai uma pessoa de dentro da sede da Polícia Federal e faz uma provocação” disse Lindberg.

Paulo Pimenta aparece no vídeo dando ‘ordens’ para um capitão da PM:

“O sr. conduza … o sr. conduza”

Desde quando deputado manda em PM?

Na verdade, a PF (e a PM) apenas escoltaram o jovem de 20 anos para que ele não fosse linchado pela militância petista.

Voltamos a dizer: O PT quer confusão com a PF […] o PT quer confusão com a PM […] o PT quer confusão com o Exército […] o PT quer confusão com os vizinhos da carceragem da PF.

O PT está procurando chifre na cabeça de cavalo […] e vai encontrar!



 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!