Petista desafia juíza federal: “Vou visitar o Lula e quero ver quem vai me impedir “

Esse cidadão (assim como Gleisi Hoffmann e Lindberg Farias) já foi longe demais!

(Amanda Nunes – de Curitiba para o Diário do Brasil)

Paulo Pimenta tem que colocar na cabeça que ele não é deputado […] ele está deputado e usa a prerrogativa de foro do cargo para falar o que bem entende e atacar as autoridades do judiciário.

Qualquer cidadão brasileiro que se prestasse a esse papel, seria imediatamente preso por desacato à autoridade […] a lei não pode se abster das maluquices que esse senhor vem cometendo.

E o mais grave de tudo […] ele está recebendo uma fortuna por mês (além das mamatas que acompanham o cargo) para ‘brincar de revolução’ em Curitiba.

O lugar desse deputado é lá em Brasília, trabalhando pelo povo que paga seu salário.

Vale lembrar que Lula também era ‘machão’ com a justiça, hoje virou um ‘gatinho’.

TRIPLEX

Pra começar a lorota (vídeo abaixo), Paulo Pimenta defende que o triplex do Lula foi vendido (pela mídia) como ‘algo luxuoso’ […] é como se o roubo (nesse caso o recebimento de propina) pudesse ser desqualificado pelo valor de mercado do imóvel, ou seja, se é um apartamento pequeno, o crime está liberado!

“É como se o triplex fosse tão luxuoso como o apartamento do Marcelo Bretas (juiz federal do RJ) ou como a casa do Sérgio Moro (juiz federal de Curitiba)” declarou o deputado.

Prezado (por enquanto) deputado … Bretas e Moro não lesaram os cofres públicos, deixa de ser tonto!

DONA MARISA

Pimenta diz que dona Marisa morreu de desgosto devido a Sérgio Moro, Deltan Dallagnol e Carlos Fernandes […] e eles terão que responder por essa morte.

Trocando em miúdos […] ele chamou o juiz e os procuradores da Lava-Jato de assassinos.

Mais uma mentira […] dona Marisa era fumante e foi alertada (há anos) pelo cardiologista Roberto Kalil Filho (médico de Lula) que corria o risco de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e que deveria mudar seu estilo de vida.

‘A JUIZECA’

“Uma juíza de primeira instância deu uma declaração impedindo a visita do prêmio Nobel da paz a Lula”

Lei é lei! Poderia ser o Papa ou até mesmo Jesus Cristo […] se as visitas estão liberadas na quinta-feira, então que sejam feitas na quinta-feira.

Vejam o preconceito desse cidadão com um magistrado de primeira instância.

É como se um deputado tivesse um ‘valor moral e ético’ acima de um juiz.

A primeira instância do judiciário brasileiro é a principal responsável pela limpeza ética que está ocorrendo neste país e nenhum deputado (repito, nenhum deputado) serve para limpar o sapato de qualquer juiz ou juíza de primeira instância.

A AMEAÇA

“Nós comunicamos ela (a juíza federal Carolina Moura Lebbos da 14ª Vara Federal de Curitiba) que terça-feira, às 11 horas da manhã, a comissão estará aqui e nós vamos entrar na Polícia Federal, e nós vamos visitar o presidente  Lula, e se ela ou o procurador ou o delegado ou qualquer agente público tentar nos impedir, vai cometer um crime”

Quem esse cidadão pensa que é?

Ahh … Pimenta, seu foro privilegiado está com os dias contados.

Vamos ver se tu será ‘macho’ assim quando perder essa proteção.

Para não deixar dúvidas de tudo que foi escrito acima, segue abaixo o vídeo das falas absurdas do comunista perturbado:



LEIA TAMBÉM:

Gleisi cheira o cangote de Lula e diz: “É cachaça”


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!