“Periciar o celular do chefe de Estado? Em um país sério, o ministro seria preso na hora, por alta traição”

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Amanda Nunes Brückner | 22/05/2020 | 12:25 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O deputado federal Marco Feliciano (Republicanos) falou em “delinquência institucional” e disse que “um Judiciário politizado é um câncer para a democracia”.

“O mau exemplo do STF se espalha. Encorajados por um Judiciário usurpador que legisla e administra, agora deputados querem usurpar as prerrogativas do Ministério Público, único que tem legitimidade para requerer diligências. Celso de Melo deveria ter rejeitado os pedidos de pronto. Agora querem o quê? Mandar periciar o celular do chefe de Estado? Em um país sério, quem ousasse pedir tal absurdo iria preso na hora, por alta traição.”

O ex-deputado Alberto Fraga escreveu no Twitter:

“É o fim da picada! Ministro do STF pedir a apreensão do celular do presidente da República! Esses caras ou estão testando o Bolsonaro ou estão de sacanagem mesmo! Ou é para aparecer, já que está para vestir o pijama!”

Celso de Mello enviou os pedidos [de apreensão dos aparelhos celulares de Jair e Carlos Bolsonaro] para a análise de Augusto Aras, Procurador Geral da República.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.