O Brasil, como nação independente, não existe mais

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Amanda Nunes Brückner | 08/04/2020 | 10:32 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A situação é horrível e deprimente, mas não é complexa nem difícil de entender.

Pode ser resumida, sem exagero, nas seguintes palavras:

O Brasil, como nação independente, não existe mais.

É um protetorado chinês, governado por um embaixador prepotente e intolerante que tem a seu serviço a classe política, a elite judiciária, a mídia, o sistema de ensino e boa parte do empresariado.

A classe militar, ciente da sua total inermidade ante o poder avassalador dessa autoridade estrangeira, faz de conta que não vê e tenta salvar as aparências.

O presidente nominal não conta com outro apoio senão o da massa dispersa, desarmada e desamparada que o elegeu, e mal começa a tomar consciência de que não tem poder nenhum.

O Brasil está derrotado e não se levantará, exceto na hipótese remota de os EUA quebrarem a espinha do poder chinês.


Olavo de Carvalho

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.