“Muita gente me procura para ajudar o Adélio. Podem ser pessoas cristãs ou demoníacas”


Anjos ou demônios?

A colunista da Folha/SP Mônica Bergamo informou que Zanone Oliveira Junior, advogado do criminoso que tentou matar Jair Bolsonaro, disse estar convicto que seus telefones estão grampeados pela polícia:

“Eu não acho, eu tenho certeza” teria dito Zanone.

Para o causídico, autoridades federais também interceptaram as comunicações e o sigilo bancário de várias pessoas ligadas a Adélio Bispo de Oliveira, o homem que desferiu a facada contra o presidenciável.

Um dos maiores mistérios envolvendo esse caso é descobrir a identidade do tal ‘filantropo’ que está bancando os defensores de Adélio.

Zanone afirmou que seguirá mantendo o sigilo do tal ‘homem caridoso.’

Vale ressaltar que o homem misterioso pagou a primeira parcela dos honorários em espécie (dinheiro vivo).

“Não foi feito nada em banco […] tive o primeiro contato com a pessoa e ela me pagou a primeira parcela em dinheiro […] há também 7 vaquinhas arrecadando recursos para o pagamento da defesa […] muita gente já me procurou em privado para ajudar o Adélio […] essas pessoas podem ser cristãs ou demoníacas […] não sei, mas querem auxiliar”, completou a Folha.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!