MST ameaça ocupação em massa nos prédios públicos: “É guerra e luta”

O dirigente do Movimento ‘terrorista’ sem Terra fez uma grave ameaça à ordem pública

“Não haverá terra que não será ocupada, não haverá arrego. Não haverá nenhum prédio público que não será ocupado”

Alexandre Conceição, ameaçou invadir e ocupar “todos os prédios públicos” e “todas as terras”, com “guerra e luta”, informou a Folha de SP.

A ameaça ocorreu durante a manifestação a favor de Lula em Brasília, logo após o voto da ministra Rosa Weber, que votou contra o pedido de HC do ex-presidente.

Lula tem, nesse exato momento (às 21:38), quatro votos contra seu pedido de habeas corpus. (4×2)

Conceição, ao ver que seu discurso estava sendo filmado (inclusive em algumas ‘lives’ nas redes sociais) baixou um pouco o tom e disse que o MST quer “paz, democracia e não intervenção militar”.

Eles (a gangue de vermelho) encontraram alguém que bate de frente com eles: O EXÉRCITO!


artigo 312 do Código de Processo Penal: “a prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria”.


publicidade

error: Conteúdo protegido !!