“Meu filho não é marginal” diz mãe de aluno que atacou professora. Docente segue internada

Edson Jorge Silveira | 07/06/2019 | 4:12 PM | COTIDIANO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Mãe criticou apreensão de estudantes: ‘meu filho está preso como se fosse marginal’

(CBN) Após agredir uma professora e praticamente destruir uma sala de aula, adolescentes foram apreendidos e passaram por uma audiência de instrução.

A Justiça decidiu internar 3 alunos na Fundação Casa. Outros 6 estudantes foram liberados e 1 foi dispensado.

O Ministério Público disse que irá recorrer da decisão da Justiça e pedirá a internação dos dez estudantes envolvidos na ameaça e vandalismo.

Alguns responsáveis estão inconformados com a punição porque os filhos aparecem nas imagens, porém não cometem atos de lançar livros e carteiras.

“Crianças tiveram a infelicidade de estarem no lugar errado e na hora errada”, desabafa uma das mães.

A mãe também disse que não houve avisos anteriores sobre o mau comportamento do filho.

Em entrevista para a rádio CBN, essa mãe disse que o filho não é um marginal.

Ouça:



Caso aconteceu no dia 31 de maio, numa escola estadual de Carapicuíba, Grande São Paulo.

Alunos foram flagrados arremessando livros e jogando carteiras em uma professora, que tenta controlar os alunos, que seguem vandalizando a sala e gritando.

Quando ela sai da sala, a depredação se generaliza.

Os próprios estudantes usaram um celular para gravar as cenas e divulgar o vídeo nas redes sociais.

A Secretaria da Educação informou que os estudantes foram identificados e suspensos.



Professora que foi atacada por alunos de escola pública segue internada após surto


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.