Mendes diz que a Justiça deve proporcionar dignidade a Lula: “Quem não concorda, tem atitude animalesca”

Durante a votação que autorizou a transferência de Sérgio Cabral (de Curitiba para o Rio de Janeiro), Gilmar Mendes declarou:

“Pessoas que ficam indignadas com o fato da cela de Lula ter um vaso sanitário (porque acham que isso um privilégio, sofrem de algum tipo de perversão.”

E não parou por aí:

“Onde estamos com a cabeça? Aonde foi a nossa sensibilidade? É um tipo de perversão que pessoas que foram alfabetizadas, tiveram três ou quatro alimentações durante toda a vida, se comportem dessa maneira, animalesca”, afirmou.

O ministro encerrou dizendo que todos têm direito à dignidade:

“Combater o crime, sim, punir, sim, mas com respeito à dignidade da pessoa humana. Isso [a insensibilidade] não pode ocorrer com um policial, mas muito menos com um juiz”, afirmou.

Essa comparação entre um policial e um juiz não caiu bem!

Mendes acha que ele está “no topo da cadeia” enquanto um policial está na “base da pirâmide”

E outra coisa […] Lula está tendo SIM um tratamento digno.

Viajou de avião, de helicóptero, de viatura blindada, enfim, a maioria dos presos do sistema carcerário brasileiro são tratados como animais enjaulados.

Isso sem falar nos brasileiros de bem, aqueles que trabalham para sustentar a máquina pública (que paga o salário do sr. ministro) […] esses sim merecem dignidade!

Esse ministro perdeu a noção dos valores morais que devem reger uma sociedade.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!