Lindbergh: "Medo de ser preso após Bolsonaro assumir o país" | Diário do Brasil

Lindbergh: “Medo de ser preso após Bolsonaro assumir o país”

A coluna Radar, da Veja, disse que o senador Lindbergh Farias tem tido pesadelos com a Lava-Jato.

Prestes a acabar o mandato, Lindinho “confessou a um amigo que morre de medo de ser preso assim que Bolsonaro assumir o comando do país.” diz a matéria.

Em agosto deste ano, Edson Fachin (relator da  Lava Jato no Supremo Tribunal Federal), enviou para a 1ª instância um inquérito que investiga o senador petista com base na delação da Odebrecht.

O inquérito apura supostos pagamentos não contabilizados (caixa 2) para a campanha eleitoral de Lindbergh nos anos de 2008 e 2010, período em que ele era prefeito de Nova Iguaçu (RJ).

Dois repasses (R$ 2 milhões e R$ 2,5 milhões) teriam sido feitos pela empreiteira em troca de facilidades em contratos administrativos do programa Pró-Moradia.

Lindbergh nega qualquer irregularidade:

“O inquérito é frágil e sem um único indício de irregularidade” declarou.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP