Medo de manifestações faz ‘primeiro-ministro’ do Brasil tremer mais que vara verde

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Patrícia Moraes Carvalho | 26/02/2020 | 8:02 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia(DEM-RJ), foi ao Twitter, nesta quarta-feira (26), defender a […sic…] “ordem constitucional” no Brasil.

Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro nem o episódio do vídeo compartilhado pelo aplicativo WhatsApp, Maia postou:

“Criar tensão institucional não ajuda o País a evoluir. Somos nós, autoridades, que temos de dar o exemplo de respeito às instituições e à ordem constitucional. O Brasil precisa de paz e responsabilidade para progredir.”

O parlamentar ainda completou:

“Só a democracia é capaz de absorver sem violência as diferenças da sociedade e unir a Nação pelo diálogo. Acima de tudo e de todos está o respeito às instituições democráticas.


Só uma curiosidade … quando Maia disse ‘instituições democráticas’, ele quis dizer [mas não disse] establishment ou mecanismo.

Antes de Bolsonaro ser eleito, não existia democracia … não vamos ser hipócritas!


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.