Maria do Rosário diz que o Estado matou Marielle: “Os contribuintes pagaram pelas balas”

Como não poderia deixar de ser , a petista Maria do Rosário também decidiu politizar a morte da vereadora carioca Marielle Franco

Depois de receber a a informação de que as balas que mataram Marielle são de lotes vendidos para a Polícia Federal, a deputada declarou:

“Balas do estado, pagas pelos contribuintes […] quando o estado e o crime se misturam, os primeiros a morrer são os que defendem os Direitos Humanos como Marielle!”, disse Maria do Rosário em sua conta no Twitter.

Quer saber? Maria do Rosário pode estar certa desta vez!

A perícia da Divisão de Homicídios informou que as munições (UZZ-18 para pistolas calibre 9mm) são de lotes originais vendidos para a PF de Brasília em 2006.

Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública, disse que as balas foram roubadas da sede dos Correios na Paraíba há anos:

“A Polícia Federal já abriu mais de 50 inquéritos por conta dessa munição desviada. Acredito que essas cápsulas encontradas na cena do crime foram efetivamente roubadas. Também tem a ver com a chacina de Osasco” se referindo-se à morte de 17 pessoas ocorrida em 2015.

Ou seja, a culpa é de todos (inclusive dos Correios) … menos do governo!



 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!