Maia ‘sentou’ em cima da PEC do fim do FORO PRIVILEGIADO

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Patrícia Moraes Carvalho | 08/03/2020 | 10:35 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Rodrigo Maia (o Botafogo) não faz questão de pautar o fim do foro privilegiado, embora o texto esteja pronto para votação.

O digníssimo presidente da Câmara diz que o texto ‘’não está maduro’’ e ‘’falta entendimento de líderes partidários’’.

Conversa fiada!

Atualmente, 54.990 pessoas têm foro especial por prerrogativa de função, conhecido como foro privilegiado no Brasil.

Com a nova proposta, apenas 5 autoridades teriam direito ao foro: o presidente da República, o vice, os presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e do STF.

Maia não quer que o Centrão fique exposto às ações da Polícia Federal e sejam condenados.

No último dia 5, o texto completou 450 dias parado na Câmara.

Em 11 de dezembro de 2018, o parecer do relator Efraim Filho (DEM-PB) foi aprovado pela comissão especial.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.