• busca por palavra (s)
  • Mãe da nadadora Joanna Maranhão desabafa: “Brasil é um país de psicopatas, país de doidos”


    Terezinha Maranhão, mãe da atleta brasileira Joanna Maranhão, desabafou:

    “Este é um país de psicopatas, país de doidos, que confundem religião, política e esporte. Minha filha tem opiniões próprias, mas não merece ser ofendida e atacada como foi”.

    Terezinha Maranhão é médica geriatra. É uma mãe e médica dedicada. Levantava todo dia às quatro da manhã para levar sua filha Joana aos treinamentos de natação, em Recife.

    Ela dormia dentro de seu fusquinha, aguardava o fim dos treinos, alimentava a pequena Joanna e a levava para a escola. Só após cumprir seu papel de mãe. ia para o consultório trabalhar.

    Dona Terezinha não se conformou quando ficou sabendo das ofensas que a filha recebeu nas redes sociais.

    A mãe ainda relatou que, mesmo sendo uma pessoa forte, Joanna não dormiu direito e ficou abalada.

    “Foram ofensas pessoais que mexeram com ela. Ela não rendeu o melhor que podia na piscina, se tivesse repetido seu melhor desempenho teria passado às finais”.

    O Diário do Brasil concorda com dona Terezinha.

    Joanna tem seu posicionamento político definido, algo que ela nunca escondeu e sempre tentou defender nas redes sociais, porém ela é uma atleta.

    A nadadora não desviou dinheiro dos cofres públicos nem tão pouco se juntou a alguma quadrilha de políticos para assaltar o Brasil!

    Temos que separar o joio do trigo!

    publicidade



    error: Conteúdo protegido !!