Maduro ameaça o Brasil e chama Grupo de Lima de ‘cartel’

10/01/2019

Na noite de ontem (09), o ditador Nicolás Maduro fez uma grave ameaça aos países que compõem o chamado Grupo de Lima. (Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru).

Maduro chamou o grupo de “cartel” e deu 48 horas para que mudem sua sua posição em relação à Venezuela.

“Entregamos a todos os governos do Grupo de Lima esta nota de protesto diplomático e exigimos uma retificação das suas posições sobre a Venezuela em 48 horas … ou nosso governo tomará medidas urgentes e cruas para a defesa da integridade de nossa soberania”, declarou Maduro, em entrevista à imprensa.

A posse do ditador acontece hoje (10) na capital Caracas com a presença da ilustríssima (…sic…) presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

Essa senhora deveria ser presa por traição à Pátria.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram