Luleco vai ser preso pela PF | Diário do Brasil

Luleco vai ser preso pela PF

Em depoimento à Polícia Federal (Operação Zelotes), Lula disse que seu filho mais novo, Luís Cláudio Lula da Silva, não o informou de que havia sido contratado por 2,5 milhões de reais pelo lobista Mauro Marcondes Machado.

A Operação Zelotes investiga um esquema de venda de Medidas Provisórias durante o governo do ex-presidente encarcerado.

Duas medidas provisórias (471/2009 e 512/2010) , que foram assinadas por Lula, que estão sob suspeita de terem sido compradas no esquema de corrupção que envolve lobistas e montadoras de veículos que se beneficiavam da prorrogação de incentivos fiscais definidas.

Luís Cláudio Lula da Silva (o Luleco) recebeu dinheiro da Marcondes & Mautoni, consultoria contratada pelas montadoras para fazer o lobby pelas MPs.

O filho de Lula, que já prestou depoimento em 2016, é alvo de um novo inquérito que investiga sua relação com a empresa de lobby.

Lula também afirmou que,”ao que sabe”, Luís Cláudio foi contratado para produzir estudos na área de esporte.

PALOCCI ENTREGOU TUDO

Em seu depoimento para a Justiça Federal, o ex-ministro informou que o dinheiro repassado pelo lobista Mauro Marcondes (da da Marcondes & Mautoni Consultoria) a Luleco teve origem no pagamento pela aprovação da Medida Provisória que beneficiou as montadoras Caoa e Mitsubishi.

O ‘filhote’ do ex-presidente foi até Palocci e pediu de 2 a 3 milhões de reais para a TouchDown. (empresa do garoto)

A PF vai prender o Luleco! Aguardem as cenas dos próximos capítulos.


▼ fonte: ▼


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram