Lula e Dilma viram réus no quadrilhão do PT | Diário do Brasil

Lula e Dilma viram réus no quadrilhão do PT

Grupo é acusado pelo crime de organização criminosa

Vallisney de Souza Oliveira, juiz da 10º Vara Federal do DF, aceitou hoje (23), a denúncia apresentada pela PGR (em 2017) contra Lula, Dilma, Antonio Palocci, Guido Mantega e João Vaccari Neto.

Os 5 petistas se tornam réus e serão julgados pelas acusações do inquérito do “quadrilhão do PT”

A denúncia acusa os ex-presidentes de terem liderado (entre 2003 e 2016) uma organização criminosa que fraudou a Petrobras.

” … foram desviados da estatal R$ 1,5 bilhão ao longo dos catorze anos em que a suposta organização criminosa vigorou … verificou-se o desenho de um grupo criminoso organizado, amplo e complexo … “ diz a acusação formulada pelo ex-PGR, Rodrigo Janot.

Lula, Dilma e ex-ministros também teriam ajudado outras três “organizações” (do PP, do PMDB na Câmara e do PMDB no Senado) a desviarem recursos da Petrobras […] esses desvios teriam atingido a cifra de R$ 391 milhões (PP) … R$ 864 milhões (PMDB do Senado) e R$ 350 milhões (PMDB da Câmara).

O documento (da denúncia) ainda diz que:

“ … somente no âmbito da Petrobras, o prejuízo foi de, pelo menos, 29 bilhões de reais, conforme expressamente reconhecido pelo Tribunal de Contas da União”


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram