Lula desafia a justiça e diz que não usará tornozeleira eletrônica: “Tornozeleira é coisa de bandido”

Patrícia Moraes Carvalho | 07/06/2019 | 8:46 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Réu pela 7ª vez, Lula manda recado atrevido à justiça

Na tarde de hoje (5), o juiz federal Vallisney de Oliveira, 10ª Vara do DF, acatou denúncia apresentada pelo MPF e tornou réus o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ex-ministros Antônio Palocci, Paulo Bernardo (marido de Gleisi Hoffmann) e o empresário Marcelo Odebrecht.

Lula, Palocci e Paulo Bernardo são suspeitos de terem recebido propina da construtora Odebrecht em troca de favores políticos.

Condenado em duas ações penais, Lula agora é réu em 7 processos:

1- Instituto Lula / 2- Odebrecht em Angola / 3- Caças da FAB / 4- MP do setor automotivo / 5- Quadrilhão do PT / 6- Doação ao Instituto / 7- Propina da Odebrecht

Cara de pau e atrevido …

Lula mandou avisar a justiça que não aceitará o uso de tornozeleira, em caso de progressão do regime fechado para o semiaberto, como requereu a sua defesa.

Lutando para provar o que ele chama de ‘farsa de sua condenação’, o ex-presidente disse que não aceitará usar tornozeleira eletrônica:

“Tornozeleira é para bandido ou pombo correio”.

Sobre o governo de Bolsonaro, Lula classificou como “desgraceira”:

“O governo é essa desgraceira que é, mas não adianta a gente ficar se lamentando. A gente tem que brigar, brigar no Congresso Nacional, brigar no movimento sindical, brigar nas universidades. O que estão fazendo nas universidades é simplesmente jogar fora tudo que nós construímos, tudo”

Expectativa de deixar a cadeia

“Eu não sei (se vou sair). Deixa eu contar uma coisa para vocês. Eu não gosto de alimentar expectativa. Não tem nada pior para um preso do que expectativa frustrada.”


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.