Lista de senadores que poderão cair no colo de Sérgio Moro caso não se reelejam | Diário do Brasil

Lista de senadores que poderão cair no colo de Sérgio Moro caso não se reelejam

23 senadores que são alvos da Lava Jato (ou de desdobramentos da Operação) perderão o foro privilegiado se não foram reeleitos esse ano

Sem esse ‘atributo especial’, os nobres parlamentares passariam a responder judicialmente na primeira instância […] que tem sido o terror dos políticos corruptos.

Vários desses 23 senadores são alvos da Lava Jato e podem ser julgados pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba.

Quem são eles?

Eunício Oliveira (MDB-CE); Romero Jucá (MDB/RR); Lindbergh Farias (PT/RJ); Humberto Costa (PT-PE); Renan Calheiros (MDB-AL), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Jader Barbalho (PMDB-PA) e Edison Lobão (PMDB-MA): Os oito são alvos da Lava Jato.

Dois senadores que comandam partidos são réus no STF: Gleisi Hoffmann (PT-PR), em ação penal da Lava Jato e José Agripino Maia (DEM-RN), em desdobramento da operação.

Benedito de Lira (PP-AL) e Ciro Nogueira (PP-PI) também são citados e investigados na Lava Jato.

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) é alvo de inquérito em desdobramento da Lava Jato.

Aécio Neves (PSDB-MG) também é investigado no STF.

Aloysio Nunes (atualmente no Ministério das Relações Exteriores) é alvo de inquérito em operação derivada da Lava Jato.

Lídice da Mata (PSB-BA) Vanessa Grazziotin (PC do B) também são investigadas em operações de desdobramento da Lava Jato.

Valdir Raupp (PMDB-RO) é réu no Supremo após investigações da operação.

Ricardo Ferraço (PSDB-ES); Dalirio Beber (PSDB-SC); Eduardo Braga (PMDB-AM); Jorge Viana (PT-AC); e Ivo Cassol (PP-RO) também são alvos da Lava Jato ou de investigações derivadas da Operação.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP