Lista com 117 nomes de pessoas assassinadas pela esquerda armada brasileira


Toda moeda tem dois lados, não é mesmo?

Em reação à tentativa das guerrilhas e grupos terroristas de extrema-esquerda de tomar o poder e instaurar regimes totalitários (nos moldes soviéticos e cubanos), diversos países da América do Sul (entre eles o Brasil) adotaram regimes militares de exceção para garantir a segurança dos seus cidadãos.

O modus operandi das forças de segurança destes regimes é um tema polêmico, porém mais polêmico ainda é o silêncio da mídia e das autoridades sobre os crimes cometidos pelos integrantes das células terroristas em atividade.

Abaixo uma lista com os nomes de todas as vítimas confirmadas do terrorismo de extrema-esquerda no Brasil durante o Regime Militar (1964-1985).

Boa parte destes grupos já se encontrava em atividade desde 1961.

Não estão incluídos os nomes de feridos (sobreviventes) ou desaparecidos, somente vítimas assassinadas pelos terroristas e que morreram durante o ataque ou devido aos ferimentos.

Para aqueles que foram vítimas da esquerda, não há indenizações […] essas pessoas não têm sequer direito à memória […] foram apagados da história pela Comissão da Verdade!


Total de vítimas assassinadas

leia também:

“Meu pai foi sequestrado e torturado por Dilma Rousseff”


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade