Lewandowski, a esperança do PT, joga um balde de água fria em Lula

Publicação do jornal O Globo informa que o ministro Ricardo Lewandowski decidiu não levar ao plenário do STF dois pedidos de habeas corpus que questionam a prisão de condenados em 2ª instância.

O ministro alegou “os HC’s dos dois réus já foram enviados para julgamento em plenário e estão com liminares concedidas. Por esse motivo não haveria urgência tratar desses casos”.

Trocando em miúdos:

A esperança dos petistas estão cada vez mais remotas.

Segundo o jornal, Lewandowski defende que seria necessário que a presidente Cármen Lúcia pautasse o julgamento da discussão, sem envolver o caso específico de um réu para fixar um novo entendimento sobre o assunto.

Cármen Lúcia já sinalizou que não fará isso!

Vale ressaltar que o ministro Edson Fachin também possui um pedido semelhante de habeas corpus que questiona a prisão de condenados em 2ª instância.

Pelo histórico de decisões de Fachin, podemos arriscar a dizer que ele também não levará o assunto para o plenário.

Tchau Lula!


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!