“Justiça” é denunciado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. PGR quer a perda da função pública do senador

A Procuradoria Geral da República, através de Rodrigo Janot, denunciou Renan (conhecido pela alcunha de ‘Justiça’) ao STF

Somente na Operação Lava-Jato, o senador é alvo de oito inquéritos.

Essa é a primeira de muitas denúncias que virão.

‘Justiça’ foi denunciado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

A PGR pede também a “perda da função pública” de Calheiros e do deputado Aníbal Gomes (PMDB/CE), além da devolução do dinheiro de propina.

O valor atualizado (somente nesta denúncia) totaliza 1,6 milhão de reais.

Vale ressaltar que ‘Justiça’ ainda não é réu.

Os ministros do STF precisam aceitar a denúncia para depois abrir uma ação penal.

publicidade


error: Conteúdo protegido !!