José Dirceu em 2018: “Transformem suas energias em fúria, revolta, indignação e ódio”


O condenado José Dirceu conclamou os petistas para criar uma ‘algazarra generalizada’ no próximo dia 24

O ex-ministro disse que o julgamento de Lula no Tribunal de 2ª instância será o “dia da revolta”.

Através de mensagens, ele afirmou que “é hora de agir e não de falar”.

Dirceu também sugeriu que os petistas transformem suas energias “em fúria, revolta, indignação e ódio”e chamou o julgamento de Lula de “fraude jurídica”.

Em 2016, Dirceu foi condenado (por Sérgio Moro) por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e organização criminosa.

Em setembro do mesmo ano, a pena dele foi aumentada (pelo TRF-4 – 2ª instância) para 30 anos e nove meses de prisão, mas ele permanece solto.


Com Lula preso e a agenda esquerdista do Foro de São Paulo fadada ao fracasso, a gangue de vermelho colocará sua guerrilha nas ruas para tocar o terror

Estaríamos perto de uma guerra civil no Brasil?

A esquerda já começa a incitar movimentos sociais para uma grande revolta popular caso Lula seja preso e sua pena aumentada.

Eles tentam manipular a sociedade alegando que as condenações do ex-presidente são movidas pela “direita” e não pela justiça brasileira.

Há algumas semanas, o general MOURÃO declarou:

“As Forças Armadas, por meio de análise prospectiva, já realizaram estudos e construção de cenários possíveis em caso de CONVULSÃO SOCIAL”

Alguns sites (de esquerda) já declararam que os petistas tocarão fogo no país:

“Há uma contra-ofensiva em preparação. Este país vai parar. Protestos em defesa de uma das maiores lideranças políticas do mundo serão muito maiores do que ocorreu com o impeachment de Dilma”

Dizem ainda:

“… Essa gente não faz ideia do que está fazendo… não tem ideia da reação que será desencadeada… nossos movimentos sindicais, os movimentos sociais, os partidos e própria militância não ficarão passivos vendo a direita prender uma liderança política como Lula sem o amparo de provas incontestáveis. Se eles quiserem pagar para ver, vão ver. E vão se arrepender. Precisarão colocar tanques de guerra nas ruas para concretizar esse golpe contra Lula. “

Movimentos sociais como MST e CUT já estão preparados para fazer um ‘quebra-quebra’ nas ruas de Porto Alegre no próximo dia 24.


Via: Revista Sociedade Militar

 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!