Jornalista se revolta com Dias Toffoli: "Advogadinho do PT " | Diário do Brasil

Jornalista se revolta com Dias Toffoli: “Advogadinho do PT “

O recente (e absurdo) aumento dos salários dos ministros do STF, aprovado pelo presidente Temer em conluio com o senado federal, não passou despercebido jornalista José Nêumanne Pinto.

José Antônio Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, fez uma declaração para a imprensa e tentou justificar o novo salário de quase R$ 40.000,00.

“Isso [o reajuste] é resgatar a dignidade da magistratura, do Ministério Público, e a gente não ter que viver com o pires na mão de um auxílio-moradia. A realidade está ali […] se não tem subsídio, a magistratura para. Para, acabou. Quem é que vai pôr as pessoas na cadeia? Eles vão se “auto-pôr” na cadeia? Todo poder tem muito poder.” justificou o magistrado.

Indignado com a declaração, Nêumanne lançou uma bomba na cabeça do presidente do STF:

“É a declaração mais desavergonha, mais alienada, mais estúpida que eu já li na minha vida por parte de uma autoridade … um advogado que não passou em concurso de juiz … advogadinho do PT até hoje … que soltou o José Dirceu “

E continuou:

“Isso é um escárnio … o camarada ganha R$ 33 mil, que é o mais alto salário do serviço público, e diz que vive com um pires na mão? Eu não quero que esse babaca (Toffoli) tenha pena dos 12 milhões de desempregados … eu quero que ele tenha o mínimo de juízo pra não dizer uma tolice dessas”



compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram